O paradoxo amor – lucro

Robert Happé é um filósofo holandês que morou em diversas partes do mundo e hoje profere seminários e palestras independêntes, desvinculado de quaisquer instituições, partidos políticos, religiões ou filosofias.

Robert defende a idéia de que todos os indivíduos são essenciamente bons, querem amar e ser amados mas que o sistema atualmente estabelecido impõe barreiras a isso, é o paradoxo lucro – amor, entretanto defende que chegamos a um estágio tal de evolução que os indivíduos começam a questionar o que precisa ser mudado para que possam expressar o verdadeiro amor que possuem dentro de sí.

Assista a essa apaixonante entrevista, onde entre outras coisas, afirma que a vida é uma jornada para que possamos descobir quem verdadeiramente somos e uma vez que chegamos a esse ponto, encontramos a paz e passamos a produzir com a nossa consciência criativa. 

Anúncios

Uma resposta em “O paradoxo amor – lucro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s